(51) 3652-1052

NOTÍCIAS

21 DE JUNHO DE 2022
Colégio Registral do RS reúne cerca de 200 pessoas em evento inédito na Fenadoce

O Colégio Registral do Rio Grande do Sul reuniu, na última quinta-feira (16.06), durante o feriado de Corpus Christi, cerca de 200 pessoas no evento “O Serviço Extrajudicial em Debate”. A atividade foi realizada das 10h às 16h30, no Auditório 1 do Centro de Eventos da Feira Nacional do Doce (Fenadoce), em Pelotas (RS).

A ação contou com o apoio da Associação dos Registradores e Notários do Alto Uruguai e Missões (ARN), da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul (Arpen/RS), e do Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS). Foi a primeira vez que as entidades se reuniram para realizar um evento em uma feira nacional.

Na ocasião, foram abordados diversos assuntos de interesse da classe extrajudicial. A Medida Provisória n° 1.085/2021 – recentemente aprovada pelo Senado Federal e que dispõe sobre o Sistema Eletrônico dos Registros Públicos – foi o principal tema debatido, junto ao CRVA.

A atividade, em formato de mesa redonda, contou com a presença dos presidentes Sérgio Mersserschmidt (Colégio Registral do RS e ARN) e Sidnei Hofer Birmann (Arpen/RS), além do registrador de imóveis da 1ª Zona de Pelotas, Mario Pazutti Mezzari (representando o IRIRGS), e o registrador público de Garibaldi, Alessandro Borghetti.

Presente no evento, o deputado estadual Elizandro Sabino contou sobre sua história e seu trabalho na Assembleia Legislativa, principalmente sobre as ações na Presidência da Frente Parlamentar da Justiça Notarial e Registral. O parlamentar visitou diversas serventias pelo Estado, buscando reivindicações da classe e defendeu projetos de interesse dos profissionais extrajudiciais.

Na sequência, o presidente do Colégio Registral do RS, Sérgio Mersserschmidt, deu início à abertura do evento, falando sobre as competências de cada órgão na administração e manuseio do sistema eletrônico de registro.

O

 

registrador de imóveis Mario Pazutti Mezzari falou sobre as novidades que a MP 1085 traz, especialmente no Registro de Imóveis. Para o registrador, ainda não há uma normativa referente à MP por parte da Corregedoria Geral da Justiça do Estado (CGJ-RS), pois provavelmente ela deverá regulamentar os atos somente depois da MP tornar-se lei.

“Devemos escolher bem nossos representantes, para que as leis sejam em prol da comunidade. O profissional extrajudicial precisa ter certeza sobre o ato, pois é a certeza que gera segurança jurídica. Paz social se dá pelo registro”, relatou.

 

Na oportunidade, o assessor administrativo financeiro do IRIRGS, Lucas Costa, falou rapidamente sobre a implantação do edital eletrônico, explicando que nas próximas semanas será enviado aos registradores um vídeo sobre a integração entre as plataformas CORI/BR e Central de Intimações.

Durante o evento, o registrador público Alessandro Borghetti discorreu sobre publicidade documental no serviço registral, tanto de títulos e documentos, quanto de imóveis e pessoas naturais. Segundo ele, a MP traz mudanças positivas para a atividade.

 

“Com a MP 1085, percebemos o legislador confiando no registrador, pois vários procedimentos começam a ser realizados sem intervenção judicial”, comentou.

Já o presidente da Arpen/RS, Sidnei Birmman, ressaltou as implicações da MP no registro civil de pessoas naturais. De acordo com Birmann, a MP traz emendas que devem atualizar normativas, como a referente à alteração de prenome e gênero.

“Quando a pessoa quer retirar o seu prenome é porque de fato ele incomoda. A ideia então é suprimir. Mas hoje ele consta na averbação da certidão. A emenda da MP traz novidades referentes à idade, que agora pode ser logo após os 18 anos”, explica.

A atividade contou ainda com o tradicional pinga-fogo, onde os participantes puderam perguntar sobre os assuntos abordados e debater as questões em conjunto.

Ao final, os coordenadores do Suporte da Arpen/RS aos CRVAs Ébert Crisóstemo, Jean Taffarel e Márcio Enck debateram questões técnicas relativas aos CRVAs, respondendo as dúvidas enviadas pelos titulares e coordenadores.

 

O presidente do Colégio Registral do RS, Sérgio Mersserschmidt, finalizou o evento, agradecendo os presentes e convidando para o próximo encontro da entidade, previsto para 09 de julho, em Carazinho.

 

Patrocínio

Para a realização do evento, as entidades contaram com o apoio de empresas parceiras que são: Sociedade Educacional Três de Maio (Setrem), Sky Informática, Grupo Comabe, Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Profissionais da Área Notarial e Registral (COOPNORE) e Overstep Computer Solutions.

Coopnore

Na ocasião, a COOPNORE, por meioo do gerente de agência, Jorge Martins, realizou a entrega de um iPhone 13, sorteado durante uma das ações da cooperativa.

Setrem

Sky

Fonte: Caroline Paiva
Assessoria de Comunicação – Colégio Registral do RS

Outras Notícias

Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
IRIB – Teoria e Prática da Lei nº 14.382/2022 (MP 1.085/2021): curso em pré-venda

Associados ao IRIB têm desconto somente até 06/07/2022 ou enquanto houver vagas!


Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
Regularização de favelas: CAE do Senado Federal aprova PLC n. 64/2016

Com a aprovação pela Comissão de Assuntos Econômicos, texto segue para Plenário.


Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
A Hora – Serviços do cartório estão disponíveis na internet, informa registrador de imóveis

Os serviços do cartório estão disponíveis na internet, orienta o registrador público e interventor do Registro...


Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
Artigo: Enunciado 669 da 9ª Jornada de Direito Civil e direito real de laje – Por João Hora Neto

A Lindb é um código de normas, merecendo destaque, para o objeto deste estudo, a aplicação da lei no tempo, à...


Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
Artigo: Crime contra o consumidor na lei de parcelamento do solo urbano

Em oportunidade anterior, analisou-se brevemente o art. 65 da lei 4.561/64, referente ao crime de informação falsa...


Anoreg RS

06 DE JULHO DE 2022
Artigo: Tokenização e o futuro do mercado imobiliário brasileiro – Por Maykon Fagundes Machado

A pós-modernidade se apresenta e com ela os avanços tecnológicos dos segmentos que movimentam a economia.


Portal CNJ

06 DE JULHO DE 2022
Link CNJ desta quinta (7/7) explica a entrega voluntária de crianças para adoção

O programa Link CNJ desta quinta-feira (7/7) trata da entrega voluntária de crianças para adoção. Participam...


Portal CNJ

06 DE JULHO DE 2022
Penitenciária Feminina de Teresina conta com ações da Justiça Restaurativa

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) implantou, no final de junho, a política pública de justiça restaurativa...


Portal CNJ

06 DE JULHO DE 2022
Judiciário cearense apoia realização de casamento coletivo LGBTQIA+

Um cenário repleto de música, alegria, cores e muita emoção se uniu ao belo pôr do sol de Fortaleza num fim de...


Portal CNJ

06 DE JULHO DE 2022
Guarda e pensão alimentícia são temas de episódio do Juridiquês Não Tem Vez

O mais novo episódio da série Juridiquês Não Tem Vez vai descomplicar dois temas importantes na área do Direito...